Dê o nome que quiser: upgrade na equipe, espaço para publicidade e recorde de visualizações


O #DONQQ está chegando à sua marca de 18 mil visualizações com mais um grande recorde. Desde que eu decidi começar a inserir publicidade aqui, o índice de visualizações diárias passou a ser igual ao que, até então, era o índice de visualizações mensais.

Estou muito feliz em poder comemorar isso com meus dois colaboradores, o Rafael Requião e o Rodrigo Maia. Nós nos conhecemos no Curso Opção (pré-IFBA) em 2010. Sentindo falta de meninas por aqui, o Rafael convidou a Fernanda Veiga (que ainda não é efetivamente uma colaboradora no blog) e eu ainda estou insistindo com Drika Navarro (também do Opção, mas que ainda não aceitou meu convite). Além desses, o Lucasz Chavez (o Nerd #1) promete uma série de artigos sobre microcomputadores (o garoto se empolga falando no assunto, e é Técnico em Montagem e Manutenção de Micro).

E voltando aos ebusiness, estou avaliando algumas propostas, com espaço para receber outras e com expectativas de boas novidades para todos, particularmente nas redes sociais. Continuem nos visitando sempre porque a equipe está crescendo e as atualizações estão sendo quase diárias (mas, pra compensar o delay, estamos publicando vários artigos no mesmo dia).

Muito obrigado a todos que nos acompanharam até aqui.

Dwsz.

Anúncios

Aspirações e pendências para o próximo vestibular da UFBA


Vou precisar me preparar muito bem nos próximos quatro anos para o vestibular da Ufba. O peso das disciplinas Matemática, Física e Química, para o curso de Engenharia da Computação, é muito alto.
Caso a minha opção seja por Artes Plásticas, será necessário conhecer bem a História da Arte. Mesmo para a primeira opção, será interessante aprender sobre o assunto extracuricularmente.
São aspirações minhas que também servem de sugestão a outros candidatos.
Dwsz.

A Carta de Steve Jobs


Photograph showing Apple Newton hand held comp...

Image via Wikipedia

Ao conselho de diretores da Apple e à comunidade Apple:

Sempre disse que, se chegasse o dia que eu não poderia mais cumprir minhas funções e expectativas como CEO da Apple, seria o primeiro a informar. Infelizmente, esse dia chegou.

Eu, aqui, renuncio ao cargo de CEO da Apple. Gostaria de atuar, se o corpo diretivo achar correto, como presidente do corpo diretivo, diretor e funcionário da Apple.

Até onde posso indicar meu sucessor, recomendo fortemente que executemos nosso plano de sucessão e nomeamos Tim Cook como CEO da Apple.

Acredito que os dias mais brilhantes e inovadores da Apple ainda estão por vir. E aguardo para ver e contribuir para este sucesso em um novo papel.

Fiz os melhores amigos da minha vida na Apple, e agradeço a todos por muitos anos de trabalho ao seu lado.

Steve

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5311627-EI15608,00-Steve+Jobs+renuncia+como+CEO+da+Apple.html

Pedido de desculpas por todos os pedidos de desculpas que eu não deveria fazer mas receber


No início eu não tinha o objetivo de fazer amigos no Ifba. Depois eu fui obrigado a dizer que também não tinha o objetivo de fazer inimigos. E tudo isso foi em vão.
Até esse momento, eu acreditava que, acima de tudo, fazer amigos facilitaria o processo necessário para atingir meus objetivos. Mas eu não preciso mendigar popularidade. E me incomoda todos mendigarem o meu reconhecimento.
Quanto mais eles se mostram inferiores, mais desprezo eu tenho por eles. E no começo era só pena.
Dwsz.

Pedido de desculpas pela segunda semana de aulas


Como pode-se (ou não) imaginar, os problemas que todos tivemos esses dias poderiam ter sido resolvidos com menos acidez. Porém eu, sob influência de alta carga de stress, não fui capaz de fazê-lo.

Há conflitos – alguns internos, alguns externos – que, para poder resolver, eu precisava ouvir a opinião de todos, clara e honestamente. Infelizmente foi necessário haver intervenção externa para que essas opiniões fossem expostas.

Gostaria, sinceramente, que houvesse mais tempo para as discuções. Ainda assim, ao menos para mim, tudo o que aconteceu foi produtivo.

De certo seguirei muitas das sugestões que foram direcionadas a mim, assim como as que foram direcionadas a toda a turma. Mas há umas ou outras que não poderei aceitar por ainda me parecerem incoerentes em algum aspecto.

Espero ter-me feito compreender por aqueles que o necessitam e insisto que os demais devem apenas ignorar.

Sinceramente,

Dwsz.

Pedido de desculpas pela primeira semana de aulas


Splash Screen auf "KDE"

Image by Udo Herzog via Flickr

Caros colegas,

Peço desculpas aos que sentiram-se incomodados com meus inúmeros pronunciamentos, às vezes elaborados e rebuscados.

Trata-se de um comportamento que eu fui obrigado a adotar, depois de passar por certas situações, com a finalidade de evitá-las. Nosso curso, especificamente, tem duração de 4 anos e, em conflito com o que alguns colegas demonstram, consciente ou inconscientemente, EU não disponho de mais do que isso.

Caso nós não caminhemos no mesmo ritmo, ignorem-me sem receio. Em algum momento de nossas existências nos encontraremos de novo. Talvez eu possa ajudá-los. Talvez vocês não precisem mais da minha ajuda (talvez nunca tivessem precisado). Talvez seja melhor ignorar o déjà vu.

Não espero fazer amigos nesta turma – abomino a idéia de viver uma ilusão. Mas será necessário termos acordos, pois, no meio acadêmico ou profissional, precisaremos formar equipes.

Para garantir a defesa de meus direitos/interesses será absolutamente necessário continuar inquirindo e questionando os professores (para evitar atrito, posso evitar aproximação com alguns colegas), pois não posso correr o risco 1- de confiar em uma fonte falsa 2- de ficar com uma dúvida até o dia da reprovação final.

Aos “mudos” só posso sugerir que aproveitem-se dessa minha característica ou que pronunciem-se (sob pena de não obter o conhecimento necessário para a funções a exercer).

Desde já agradeço a contribuição que todos têm feito desde a aula inaugural. Normalmente o maior erro que eu cometo numa leitura, é acreditar que há um erro na minha leitura. Aqui não tem sido diferente. Como habitual, pode haver algumas lacunas que são preenchidas mais tarde, mas elas servem sempre para entender melhor, nunca para mudar a interpretação.

Aqueles que sentirem-se incomodados/ofendidos com minhas análises devem fazer valer seu livre arbítrio e não manter contato comigo. Eu não alimento relações estéreis e, nesse sentido, espero obter reciprocidade.

Quanto aos professores que têm medo dos questionadores, sugiro fazer um curso de reciclagem, pois essa postura é totalmente nociva (para o professor e para os alunos), especialmente em instituições renomadas. Não direciono essa sugestão a ninguém em especial, mas se a carapuça servir, vista-a como fosse sob medida.

Espero, sinceramente, que todos os colegas tirem proveito de todo material (concreto ou abstrato) a ser oferecido.

Amistosamente,

Dowglasz.

Eu não alimento relações estéreis e, nesse sentido, espero obter reciprocidade.
Quanto aos professores que têm medo dos questionadores, sugiro fazer um curso de reciclagem, pois essa postura é totalmente nociva (para o professor e para os alunos), especialmente em instituições renomadas. Não direciono essa sugestão a ninguém em especial, mas se a carapuça servir, vista-a como fosse sob medida.
Espero, sinceramente, que todos os colegas tirem proveito de todo material (concreto ou abstrato) a ser oferecido.