Psicoses acadêmicas


– João tem três maçãs e come duas, quantas ficam?

– Não tem nenhuma maçã, não tem nenhum João, professora. Você tomou o seu remédio hoje? Eu vou chamar alguém na enfermaria, você não está bem.

Dwsz.

Anúncios

Discussão na loja de instrumentos musicais


Esses lojistas não têm mais noção mesmo! Fui no centro da cidade pesquisar alguns preços e passei numa loja de instrumentos musicais. Confesso que não me surpreendi quando ouvi aquela discussão dentro da loja:
– Como você é baixo!
– E você é surdo!
– Veja como ela é doce, porque você não pode ser harmônica também?
Tentando apaziguar a situação alguém tentou dizer, cheio de cacoetes do tipo “pitum-pár”, que aquele bate-boca não levaria a nenhum lugar, mas não tive outra opção senão procurar outra loja.
Dwsz

Big Brother Brasil 13


Um carpete groselha numa kitnet toda branca.

Programa de televisão perdeu 10 anos de oportunidades de ser referência em moda-casa e desenho de intereiores no Brasil.

O programa produzido pela Rede Globo e de propriedade da Endemol, chegou à sua décima segunda edição ainda com muitos adeptos, mas com muitos críticos contra o programa. A verdade é que os televisionários já estão saturados do formato, que é praticamente o mesmo, sem novidades aparentes, desde a primeira edição, há dez anos. Sim, “apenas” dez anos porque o reality show foi exibido no Brasil pela primeira vez em 2002, com duas edições nesse e no ano seguinte.

Em 2013 a emissora exibirá a décima terceira edição, o que se deduz pelas seletivas (que duram um ano inteiro) estarem acontecendo pelo país. Há quem acredite nesse como um número de má sorte, mas estudiosos garantem que é o contrário, particularmente para comunicações. Isso, porém, não interfere na saturação. Vale enfatizar que o jogo oferece premiações milionárias, tanto para os participantes quanto para os investidores (através do retorno oferecido pelo merchandising e campanhas veiculadas nos intervalos do programa). E esses investidores não terão o mesmo interesse se a satisfação em ficar com a TV ligada de terça a segunda das 22:00 às 23:00 for a mesma das tardes de Domingo.

O que o Big Brother Brasil traz de comum entre todas as edições são mudanças na casa: sempre diferente, desde a decoração, passando por todo o mobiliário, até alguns cômodos. Em 2012 tentou-se sugerir uma ducha ecologicamente correta mas a sugestão, na verdade, foi que o “ecologicamente correto” é algo indesejável e obsoleto: era um chuveiro à manivela, que daria certo tempo de água quente de acordo com as voltas que se dava na alavanca. Erro pré-escolar (para evitar ofensas aos estudantes do Ensino Fundamental I, equivalente ao antigo primário) que não deve ser repetido senão pelos comediantes.

Ora, se todo ano a Globo apresenta uma casa nova, inclusive depois de fazer suspense, por que não apresentar algo que seja realmente surpreendente? Quero dizer, surpreendente no bom sentido – já que todos ficam surpresos com as babaquices que são mostradas. O BBB sempre teve tudo pra isso e deveria efetivamente ser um dos momentos mais esperados pelos designers, pela indústria da “moda-casa”, pelos compradores compulsivos de mobília, obras de arte, tintas de parede, pia, torneira, telhado, tapete, almofada, travesseiro… “Big Brother Brasil” deveria ser um “Fashion Home & Design” da TV brasileira. Aliás, se quiser manter a audiência e a popularidade do programa, é melhor pensar muito bem nisso porque mal chegava a metade da última edição e já rolava abaixo assinado pelas redes sociais pra tirar o programa do ar – independente do episódio “c* de bebo(a) não tem dono” (apesar de alimentado por ele).

Dwsz.

Professor gay 2


O professor fez uma pausa, minutos antes do intervalo, em tom de diálogo informal e confessou a seus alunos:

– Eu sou gay.

Enquanto a maioria dos colegas fazia cara de “e daí?” aquele garoto que nunca ficava calado sobre nada se pronunciou:

– Professor, se você fosse um Murilo Benício da vida, a gente teria interesse em saber quem iria te paquerar – as meninas ou os meninos. Mas você… pode guardar essa informação pra si mesmo.
Dwsz.

Professor gay


Baseado em fatos reais.

Um dia o professor interrompeu sua aula e falou:
– Bem, turma; como, além da relação alunos-professor, nós também temos uma relação de amizade, eu vou contar um segredo pra vocês. Eu sou gay.
Fez-se silêncio por alguns instantes até que um aluno levantou a mão e perguntou:
– Sim, professor, mas e o segredo que você disse que ia contar?
Dwsz.

É demais!


Por Dowglasz

Rapaz, peocupado, diz ao médico:
– Minhas cuecas parecem maiores que eu mas, quando eu visto, elas ficam apertadas. Isso é normal, doutor?
E o médico:
– Não, vamos ter que amputar.

Dwsz.

Por quê PJ Dan é DJ e por quê Jesus Luz é PJ


A pergunta original seria “Por que ‘PJ Dan’, em vez de ‘DJ Dan’?” e a seguinte seria “Por que ‘Dan’?”.

“DJ” é a sigla para “Disc Jockey“, que é quem mexe no som, assim como “VJ” é a sigla para “Video Jockey“, que é quem mexe nas imagens. “PJ” segue essa linha mas se inspira em pseudo-djs como Jesus Luz, que limitam-se a dar o play. Assim, eles são “Player Joker” (onde “joker” pode ser “palhaço”, “piadista” e congêneres).
“Dan” são as inicias de “Dowglasz Abhorsky Nramachandra”.
))o–o((
Dwsz