Psicoses acadêmicas


– João tem três maçãs e come duas, quantas ficam?

– Não tem nenhuma maçã, não tem nenhum João, professora. Você tomou o seu remédio hoje? Eu vou chamar alguém na enfermaria, você não está bem.

Dwsz.

Anúncios

Uma vida morna


Isto é uma obra de ficção, apesar da muita semelhança com alto percentual de relatórios médicos.

 

Filho de Dona Norma, no maternal teve uma Pró Norma. Na escola, colégio e faculdade existiram professora, diretora e reitora com Norma em alguma posição do nome. Desistiu do emprego quando uma colega de trabalho foi promovida e passaria a ser sua nova chefe. O nome dela era Norma e se apresentou entregando a nova cartilha da ABNT. Rasgou o documento declarando que havia se cansado de tantas Normas controlando a vida dele.

Até a água do banho estava sendo bem gelada para evitar confusões. Nunca na história dessa clínica tivemos um paciente tão bom.

Dra. Norma de Oliveira
Psicóloga

A água da loucura


Extraído do livro Veronika Decide Morrer, do escritor brasileiro Paulo Coelho. Trecho em que a personagem Zedka, uma interna do manicômio de Villete, conta a Veronika a estória do mago que jogou “poção da loucura” num poço de onde todo o reino bebia água.

Um poderoso feiticeiro, querendo destruir um reino, colocou uma poção mágica no poço onde todos os seus habitantes bebiam. Quem tomasse aquela água, ficaria louco.

Na manhã seguinte, a população inteira bebeu, e todos enlouqueceram, menos o rei – que tinha um poço só para si e sua família, onde o feiticeiro não conseguira entrar. Preocupado, ele tentou controlar a população, baixando uma série de medidas de segurança e saúde pública: mas os policiais e inspetores haviam bebido a água envenenada, e acharam um absurdo as decisões do rei, resolvendo não respeita-las de jeito nenhum.

Quando os habitantes daquele reino tomaram conhecimento dos decretos, ficaram convencidos de que o soberano enlouquecera, e agora estava escrevendo coisas sem sentido. Aos gritos, foram até o castelo e exigiram que renunciasse.

Desesperado, o rei prontificou-se a deixar o trono, mas a rainha o impediu, dizendo: “vamos agora até a fonte, e beberemos também. Assim, ficaremos iguais a eles.”

E assim foi feito: o rei e a rainha beberam a água da loucura, e começaram imediatamente a dizer coisas sem sentido. Na mesma hora, os seus súditos se arrependeram: agora que o rei estava mostrando tanta sabedoria, por que não deixa-lo governando o país?

O país continuou em calma, embora seus habitantes se comportassem de maneira muito diferente de seus vizinhos. E o rei pôde governar até o final dos seus dias.

Dwsz.

Já recebeu seu trote hoje?


Tem uma pessoa que está perturbando a mim e aos meus amigos. Ele liga do número (71) 8272-6479 e simplesmente não fala nada. Não sei se o objetivo é só encher o saco mesmo, mas normalmente esses psicopatas que perseguem as pessoas, e as pessoas próximas ao perseguido, geralmente vão mais além. Tenha cuidado, principalmente se você é meu amigo e mais ainda se ele já te ligou alguma vez.

Dwsz.

Poema insensato


POEMA INSENSATO
por Dowglasz

Eu já protegi demais
Quem não merecia minha proteção
Já me iludi demais
Com tão pouca ilusão
Há quem diga mais
Que é muita pretenção
Acreditar que estar certo
É condizente com estar são
Dwsz

Febrace – “Quem é Louco?” ou “American Waste of Life”?


Astronaut Buzz Aldrin during the first human l...

Image via Wikipedia

Tenho uma proposta deprojeto para a Febrace 2011/12 e preciso de colaboradores. Como orientador já escolhi Theo BArreto, do Ifba, mas devo precisar de um co-orientador e demuitos colaboradores.

O tema seria The American Waste Of Life, mas ficaria muito extenso e devo tratar dele mais tarde. O novo tema “QUEM É LOUCO” está mais próximo e dispensa tantas viagens para abrangência que eu quero.

Muitos autores já dissertaram sobre o tema e isso me dá a opção de fazer “pesquisas sobre pesquisas” mas eu ainda prefiro fazer minhas próprias pesquisas (observe que posso juntar os dois).

Mas o mais difícil mesmo vai ser encontrar alguém que possa colaborar diretamente com o projeto. Vocês leitores podem me ajudar com comentários e sugestões. Farei atualizações regulares por aqui arespeito disso. Aguardo as participações dos leitores e visitantes. Critiquem meu trabalho e sugiram fontes.

Abraço.

Dwsz.

Lugar de louco é na rua


Barra Neighborhood in South Zone.

Image via Wikipedia

Nesse sábado, 21 de Maio de 2011, acontece mais uma edição da Parada do Orgulho Louco. A manifestação, que acontece às 10:00 na Barra, em Salvador, é organizada pelos representantes da Movimento Anti-Manicomial.

O evento, que acontece todo primeiro Sábado depois do 18 de Maio (dia da Luta Anti-Manicomial), tem o bojetivo de mostrar à sociedade que os “loucos” não são somente aqueles que rasgam dinheiro; são os artistas que se dedicam à arte, são os médicos que se dedicam à medicina – sim, são os loucos que se dedicam à loucura.

Considerando como “maluco” todo aquele que sofre de algum transtorno mental – psicopatia (psico + patia) = doença mental – temos incontáveis na sociedade, famosos e anônimos. São todos aqueles que que ouvem vozes que ninguém mais ouve, que torcem o pescoço, que não vestem determinada cor, que lavam as mãos o tempo todo, que choram pelos cantos, que riem de tudo e de todos, que falam alto no ônibus e puxam conversa com desconhecidos, que acham que tem alguém seguindo, que não dormem à noite, que só pensam no trabalho, que compram mais do que precisam… Os que acham que pessoas diferentes são perigosas são os casos mais frequentes.

Participam da Parada do Orgulho Louco, muitas pessoas iguais, muitas pessoas diferentes e, claro, muitas pessoas.

Dwsz.

The Cranberries – Just My Imagination


Foto com os integrantes da banda australiana.

There was a game we used to play
We would hit the town on friday night
And stay in bed until sunday
We used to be so free
We were living for the love we had and
Living not for reality

It was just my imagination x3

There was a time I used to pray
I have always kept my faith in love
Its the greatest thing from the man above
The game I used to play
I’ve always put my cards upon the table
Let it never be said that Id be unstable

It was just my imagination x3

There is a game I like to play
I like to hit the town on friday night
And stay in bed until sunday
Well always be this free
We will be living for the love we have
Living not for reality

Its not my imagination x3
Not my x18