Sorteios de iPad são proibidos



Atenção, preste muita atenção: o sonho de ganhar um iPad novinho de graça em uma promoção pode estar prestes a acabar.

Pesquisando no Google encontram-se muitos sorteios do aparelho da Apple, onde basta fazer um cadastro gratuito ou mesmo adquirindo cupons ao realizar compras. Seja qual for a modalidade, é possível que, em breve, isto seja ilegal – e a empresa já está embargando essas ações nos EUA.

Dwsz.

Proibição de sorteios de iPad pode valer também no Brasil – O Progresso – Notícias de Dourados e Região.

Aprendizado em 140 caracteres


A professora Giovanna Valenza utiliza o twitter para repassar o conteúdo com alunos como Viviane Maia dos Santos: “A gente até descobre interesses em comum com o Twitter. Quando a relação ficava só na sala de aula, acabávamos não tendo muito contato.” Viviane Maia dos Santos, estudante do Ensino Médio

O que é possível fazer com 140 caracteres? Para professores que usam o Twitter nas aulas, aumentar a atenção dos estudantes, ampliar a interação e facilitar o processo de aprendizagem. Mistura de blog e rede social, o site só possibilita textos curtos – para efeito de comparação, a segunda frase dessa matéria tem exatamente o tamanho permitido. Embora seja muito utilizado para expressar opiniões, ele pode ter outras funções e nos últimos anos ganhou status de recurso pedagógico. “As escolas e os professores estão se modificando para acompanhar a realidade dos alunos. A ideia da aula com giz e quadro-negro já caiu”, afirma Jonas Pegoraro, 30 anos, professor de História do Colégio Positivo.

Pegoraro conseguiu transformar a ferramenta de relacionamento, que muitos alunos usavam apenas para diversão, em mais uma mãozinha no aprendizado. Dentro de um amplo trabalho de pesquisa sobre a civilização egípcia, ele dividiu as turmas do primeiro ano do ensino médio em grupos e determinou que cada um postasse 50 mensagens sobre os conteúdos estudados. As turmas tiveram duas semanas para criar seus “tuites” sobre um subtema específico, entre eles mumificação, aspectos políticos, arquitetura e economia. O trabalho rendeu quase 30 mil postagens e virou o assunto mais comentado de Curitiba, na rede social, durante a manhã do dia 4 de abril. “Nunca vi os estudantes tão empolgados como naquele dia”, afirma Pegoraro. (grifo meu)

As postagens foram feitas no laboratório de informática do colégio. A estudante Helena Chagas Salvador, 15 anos, conta que os alunos queriam criar tuites diferentes e curiosos, por isso se comprometeram com a pesquisa. O trabalho também permitiu que os alunos desenvolvessem capacidade de síntese. (grifo meu) “Tínhamos de pegar informações e colocá-las em uma linguagem que todos entendêssemos e que coubesse em 140 caracteres. Tivemos de ler e reler os textos para poder simplificar”, diz.

 

Leia mais em: http://www.gazetadopovo.com.br/ensino/conteudo.phtml?tl=1&id=1168464&tit=Aprendizado-em-140-caracteres

Steve Jobs e sua saúde


The Macintosh Portable was Apple's first &quot...

Image via Wikipedia

A licença médica de janeiro não foi o primeiro afastamento de Jobs por motivos de saúde. Em janeiro de 2009, por exemplo, ele anunciou que se ausentaria da companhia até junho, para cuidar de assuntos ligados à saúde. O diretor de operações, Tim Cook, assumiu as tarefas de Jobs durante seu afastamento. Na época , a decisão também  foi comunicada em um e-mail de Jobs aos funcionários da Apple e publicado no site da empresa. Ele afirmou na ocasião que a curiosidade sobre sua saúde pessoal era uma distração não apenas para ele e sua  família, mas para todos da Apple também.

Jobs recebeu um transplante de fígado no primeiro semestre de 2009 e voltou à cena no dia 22/6/2009, ao revelar que foram vendidas mais de 1 milhão de unidades do iPhone 3G S em menos de três dias. Pouco antes de sair de licença, o executivo veio a público falar que tinha um desequilíbrio hormonal “relativamente simples” de se tratar. Em seguida ele enviou uma carta explicando que o motivo era mais complexo que o originalmente pensado e disse que ele sairia de licença.

O primeiro problema sério do principal executivo da Apple foi revelado em 1º de agosto de 2004, quando ele anunciou que havia sido tratado de um raro tipo de câncer no pâncreas. Em 2009, porém, a saúde de Jobs parecia estar cada vez mais frágil,  ele estava muito magro em suas aparições públicas, fazendo com que tanto analistas quanto os fãs da Apple começassem a suspeitar de alguma doença. 

O executivo é considerado o principal líder e visionário da Apple e, justamente por isso, problemas de saúde e sua eventual ausência do comando da empresa levantam preocupações sobre o futuro da companhia.

Fonte: http://macworldbrasil.uol.com.br/noticias/2011/08/24/steve-jobs-abandona-o-cargo-de-ceo-da-apple/

A Carta de Tim Cook


Equipe:

Estou ansioso com a oportunidade maravilhosa de servir como CEO da empresa mais inovadora do mundo. Me juntar a Apple foi a melhor decisão que eu já tomei e tem sido um privilégio de uma vida toda trabalhar com Steve Jobs por mais de 13 anos. Eu compartilho do otimismo de Steve em relação ao futuro brilhante da Apple.

Steve tem sido um mentor e líder para mim assim como toda a equipe executiva e nossos empregados maravilhosos. Nós estamos realmente ansiosos para receber as orientações e inspiração de Steve como nosso conselheiro.

Quero que vocês fiquem confiantes de que a Apple não irá mudar.Eu compartilho e celebro os princípios e valores únicos da Apple. Steve construiu uma companhia e uma cultura que é diferente de qualquer outra no mundo e nós continuaremos fiéis a isso – está no nosso DNA. Nós continuaremos a produzir os melhores aparelhos do mundo, que encantam nossos clientes e fazem com que nossos empregados fiquem incrivelmente orgulhosos do que eles fazem.

Eu Foto de Tim Cook Todo o suporte incrível da diretoria, o time de executivos e muitos de vocês me inspiram. Estou confiante de que nossos melhores anos estão à frente e que juntos nós continuaremos a fazer com que a Apple seja esse lugar mágico que é.

Tim

 

Fonte: http://itweb.com.br/46869/tim-cook-envia-carta-aos-funcionarios/

Presentes de Natal 2010


Fim de ano, Natal e amigos secretos. Já vou avisando que tenho preferência por determinados artigos e, se puder, eu escolho sim!
Não vejo problema em ganhar roupas de presente, desde que sejam de bom gosto, é claro. Livros, cds, dvds e aparelhos eletrônicos também me agradam. Mas algumas características específicas devem ser observadas antes de embrulhar os presentes.
Eu sou magro e, por esse motivo, as camisas devem ser tamanho P, S, ou 1. Também gosto de manga longa, mas só para as clássicas já que em Salvador é Verão o ano inteiro.
E, por falar em Verão, essas são as cores que eu mais gosto: amarelo, azuis vibrantes, verdes, branco e tons violeta. As que eu não gosto, não me sinto bem ou simplesmente não quero mais no meu guarda-roupa são aqueles azuis que todo mundo tem, laranja, cinza, preto, marrom e vermelho. Prefiro algodão.
O preto e o cinza são excessões para calças e bermudas, que devem ser tamanho 36. É um pouco difícil de achar, mas é importante insistir porque as 38 incomodam com a folga na cintura, além de escorregar mesmo com o cinto. Preferência pelo jeans para calças e bermudas e pela sarja para bermudas. O que me incomoda nas tactel são a pouca durabilidade do velcro e a escassez de bolsos.
Tênis e sapatos básicos, com poucos detalhes. Preferência por branco e preto. Não gosto dos azuis. Alguns cinza ou marrom podem abrir excessões. Tamanho 41.
Gosto de livros de linguagem simples. Alguns autores que aprecio são Paulo Coelho, Clarice Lispector (contradição pra reafirmar a regra), Dan Brown, José de Alencar e Friedrich Nietzsche. Gosto de títulos esotéricos, romances policiais e autoajuda. Quero mais de José de Alencar e Paulo Coelho para a coleção, alguns relacionados a psicologia (mas nada técnico) e alguns clássicos. Estão na minha lista O Morro dos Ventos Uivante (Emily Brontë), O Fantasma Que Falava Espanhol (Luiz Galdino), O Vencedor Está Só (Paulo Coelho) e O Vidiota (Jerzy Kosinski). Gosto muito dos exemplares da Ediouro, da Coleção A Obra-Prima De Cada Autor (Martin Claret), Sextante e JZE.
Os cds e dvds são curingas e podem ser mudicais ou filmes (os cds podem ser audiolivros). É legal ouvir a voz de outra pessoa falando quando estou sozinho. Para audiolivros os títulos são mesmos dos impresos. Adquiri o impresso e o audiolivro de Sex And The City em inglês por uma bagatela e a experiência foi satisfatória. Os filmes podem ser de Terror ou Suspense, como Jogos Mortais, A Bruxa de Blair e Paranóia; um clássico, como Psicose; ou uma animação premiada, como as da Disney e da Pixar, estando entre eles Toy Story, Wall-E e A Viagem de Chihiro. Nos musicais, os gêneros que me agradam são New Wave, New Age, Rock, Pop. E os artistas que eu mais gosto são Cazuza, Pitty (só falta o dual-disc de Anacrônico com encarte para completar a coleção), Morrissey, Garbage, The Cranberries, The Cradigans. Gosto muito dos britânicos e dos europeus em geral.
Os aparelhos eletrônicos são os presentes mais caros mas não necessariamente mais interessantes.O que me atrai neles é o avanço tecnológico. Me interessam: smart phones, com suas funções de computador portátil, câmeras fotográficas com mais 6MP (ideal a partir de 12MP) ou um leitor eletrônico, como Kindle ou iPad.
Presentes que não são legais de escolher sem a pessoa que vai receber são roupas íntimas (cuecas e sungas, por exemplo; algumas marcas desconsideram as diferenças anatômicas básicas entre homens e mulheres e o efeito é muito desconforto) e perfumes, que dependem muito do gosto pessoal e do estado de humor.
Na dúvida, cartões-presente da Saraiva, Riachuelo e Marisa são boas opções.
Tenham um feliz Natal , com muitos presentes, e me convidem para os amigos secretos.