Coelba permanece em greve


Os servidores da Coelba continuam em greve.
O curioso é que eles fazem manifestação pública mas não querem que o movimento seja público, não querem que seja veiculado nem que saia na mídia.
Como eu moro em frente à entrada da sede, eu decidi pegar minha câmera e fazer algumas fotos, como há semanas atrás. Dessa vez perguntaram de onde eu sou mas não só por curiosidade. Mesmo dizendo que sou amador me pediram identificação de imprensa. De forma hostil, uma mulher mais velha, irritada, me ameaçou dizendo “eu não sei de que lado você está, se sair alguma coisa que atinja a gente você não vai gostar do resultado”.
A mera suposição de que eu poderia publicar alguma coisa que os prejudicasse, assim, com fotos casuais e descompromissadas, amadoras mesmo, já é um forte indício do que eu suspeitava mas comentava à boca miúda por ser apenas especulação: que o movimento tem objetivo eleitoral apenas. E que pega “volume” com os funcionários que querem estender as férias, levando a greve até depois do carnaval.
Viva a Bahia.

Dowglasz

Anúncios

Vale a Pena Ver de Novo: Coelba em Greve


Funcionários da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia fazem nova manifestação na Edgard Santos, no Cabula.

Funcionários da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia fazem nova manifestação na Edgard Santos, no Cabula.

Os funcionários grevistas, que fizeram nova manifestação hoje, parecem participantes de um workshop no momento do coffee-break: agrupamentos dispersos, não identificados, conversando sobre quaisquer banalidades.
O líder sindical, com o microfone do carro de som, fala pra ninguém. Não há qualquer um que preste atenção, nem colegas nem transeuntes. Os populares simplesmente continuam andando sem entender o que está acontecendo.
A greve não tem 100% de adesão e aqueles que decidem trabalhar são chamados de “fura-greve”, “puxa-saco do patrão”, “traidor da categoria” através do mesmo microfone que é contada a história da música “três-três passará”. E mais um ataque é feito, reprovando aqueles que buscam o sindicato após receber uma demissão.
2014 é ano de eleição e eu já conheço essa novela desde o Congresso Estudantil da UNE/UJS em 2009, com reprise no IFBA em 2011.

Dowglasz.

Coelba em greve no Cabula


ImageFuncionários da Coelba fazem paralisação na Av. Edgard Santos, em Narandiba, sem obstruir no trânsito.

A ação localizada nas proximidades da empresa do grupo Neoenergia é campanha salarial e protesto à retirada de plano de saúde. Os manifestantes não pretendem realizar passeata.

Dwsz.