Jornal: ‘Big Brother Brasil 12’ aposta em participantes mais jovens


Boninho, diretor do programa, disse que quer diminuir a média de idade dos participantes do programa. Foto: Ricardo Matsukawa/TerraFoto: Ricardo Matsukawa/Terra

Segundo informações da coluna Olá!, do jornal Agora São Paulo, a Globo vai apostar em um elenco mais jovem para o Big Brother Brasil 12. A informação é do diretor J.B. Oliveira, o Boninho.

A faixa etária do BBB 11 era de 27 anos. O BBB 8 foi a edição com a menor média de idade: 24 anos. Segundo Boninho, 20 mil pessoas já se inscreveram nacionalmente e cerca de 70 candidatos das seletivas regionais serão chamados para testes. O BBB 12 estreia em janeiro de 2012.

Fonte: http://diversao.terra.com.br/tv/noticias/0,,OI5313758-EI12993,00-Jornal+Big+Brother+Brasil+aposta+em+participantes+mais+jovens.html

Anúncios

O anônimo mais famoso do Brasil, quiçá da Web!!!


Uh! Ahahahahah!!! Viva!!!

Não bastasse meu nome, no Google, retornar apenas resultados diretamente relacionados a mim… esses resultados somam 99 (noventa e nove) páginas!!! Isso é um record!!! Qual anônimo no mundo conseguiu esse feito?

Qual não foi minha surpresa hoje, ao conferir de novo essa pesquisa? O Google sugere meu nome, certinho (ortografia), quando você digita apenas “Dowg”. Fantástico!!!

Já posso me considerar famoso? Se não puder: ô Boninho, me chama aí pra participar do Big Brother, pô!

Abraço!

Mais um voto!


big boss

Image by aye_shamus via Flickr

Concordo que o programa deveria ter essa proposta, mesmo que fosse em apenas uma edição. (Peço desculpas se estiver citando uma sugestão que nunca foi dada, pois não li toda conversa. A primeira que meus olhos leram me transmitiram essa mensagem e eu prontament concordei com ela)

Uma edição interia onde os participantes não teriam acesso a cigarros ou a bebidas alcoolicas. Talvez até um dos lados tivesse que ser “ahimsa” (não-agressão), sendo impedido de comer carne, por exemplo. A segunda sugestão é bem radical… talvez pudesse ser só um castigo do Big Boss, sem problemas. Todos esses elementos formariam um pacote completo e perfeito para um dignissimo reality show. E ainda contaria (obviamente) com participantes de duas categorias: os que acreditam que isso seria o “nirvana” (paraíso), um presente; e os que acreditam que isso seria uma tortura!!! Dividindo a casa de forma que todos os grupos tivessem membros de ambas as cetegorias, haveria muita disputa, inclusive interna, para continuar no paraiso ou para fugir desse inferno. O premio final seria só mais um atrativo. Sem duvida esse formato ainda traria muitos atrativos à própria Endemol/RedeGlobo/Bo​ninho: a possibilidade de falar sobre anorexia, bulimia e vigorexia; filosofias de não-agressão; vegetarianismo, veganismo, naturalismo, e diversos outros ismos… Muitos desses temas estão entrando em voga ou já deveriam estar sendo tratados mais abertamente.

Esse Big Brother valeria a pena assistir.

Infelizmente eu não poderei nem me inscrever porque tenho dois contratos dos quais eu não abriria mão. Quem sabe em quatro anos, quando o ultimo contrato tiver sido cumprido? A Anamara abriu mão da corporação… Mas eu não quero escolher, eu quero associar. #Mais4Anos

Dwsz.

Postado originalmente na discussão da matéria Inscrições para o BBB 12 começam em abril.

I’m in love with my hair


Eu gosto de comprar no Shopping dos Cosméticos porque, quando eu já sei exatamente o que eu quero comprar, eu vou lá, pego, passo no caixa e pronto; e, quando eu preciso de ajuda, as consultoras realmente ajudam. É comum encontrar lojas onde eu me perco e os consultores me confundem mas, nessa loja, eu nunca tive problemas.

Eu sei que, normalmente, isso seria matéria para blog de menina mas, hoje, eu comprei uma nova máscara de hidratação que vou experimentar no meu cabelo e compartilhar os resultados com os leitores do meu blog. Será quase como uma novela, que vai durar os meses necessários para o consumo do pote de 1kg, onde este é o teaser oficial e o prelúdio narrará a história do meu cabelo até hoje.

Espero que todos apreciem a leitura e possam aproveitar (e oferecer) as sugestões. E que os fabricantes dos produtos gostem do merchandising e ofereçam um cachê! :p

E, por falar em merchandising, é aqui mesmo que a galera da Globo/Endemol/Boninho poderão ver o meu talento para exercer o cargo de Big Brother na edição de 2015.

Kill and tell.

BBBlack Out


Big Brother Australia 2008

Image via Wikipedia

Estou gostando do Big Brother. Eu sei que tem muita, mas muita gente mesmo, que não gosta e fala mal. Realmente não é dos melhores programas do mundo. Ficar observando, opinando e interferindo na vida alheia é mesmo coisa de quem não tem o que fazer ou, pior, de quem não consegue viver a própria vida. Ou, até, não tem vida própria.

Infelizmente esse é o meu caso. Estou torcendo para o Rodrigão ficar na casa e não sair hoje. Ele é um ícone pra mim. Quase um ídolo. De madeira, sim, como todos os oferecidos pela televisão, mas deixemos os cupins fazerem seu trabalho no tempo certo.

Já a Ariadna, espero que ela volte à casa apenas pela simpatia e pelo desafio (uma transexual ganhar o prêmio principal do BBB11). Ela com cereteza irá oferecer o que o público quer ver.

Aliás,  público já tem visto muitas cenas tórridas, muitas delas protagonizadas por Diana. Desde o início ela conquistou a minha simpatia (mais do que a Aria) mesmo depois de ter mostrado um jeito meio muleque (quem assiste deve entender por que não “moleca”). Apesar de tudo ela é uma mulher fascinante em vários aspectos.

Aos produtores do programa, se quiserem uma boa sugestão, ocorreu-me uma enquanto assistia a última festa da casa. Eu percebi que a organização se preocupa menos com os participantes do que com os espectadores. Eis o paradoxo:

SE OS ORGANIZADORES DA FESTA SE PREOCUPAREM MENOS COM A FILAMAGEM, PERMITIRÃO QUE HAJA MENOS LUZ NA PISTA DE DANÇA. ISSO DEIXARÁ OS PARTICIPANTES MAIS “SOLTOS”, COMO NA BOITE. UM BLACKOUT DEIXARIA A FESTA ILUMINADA (QUASE) EXCLUSIVAMENTE PELA LUA.  NESSA FESTA, SIM, OS ESPECTADORES VERÃO O QUE QUEREM VER.

Mas como verão se estará tudo escuro e as cameras precisam de muita luz? Esse é o problema: as cameras precisam de muita luz. Será que os produtores realmente precisam dessas cameras? Em último caso poder-se-ia instalar cameras especiais só para essa festa.

Lembrete: a área escura pode ser limitada (não precisa ser a festa toda).

 

Fico por aqui. E não deixem de espiar meu blog, Facebook e Windows Live!