Big Brother Brasil 13


Um carpete groselha numa kitnet toda branca.

Programa de televisão perdeu 10 anos de oportunidades de ser referência em moda-casa e desenho de intereiores no Brasil.

O programa produzido pela Rede Globo e de propriedade da Endemol, chegou à sua décima segunda edição ainda com muitos adeptos, mas com muitos críticos contra o programa. A verdade é que os televisionários já estão saturados do formato, que é praticamente o mesmo, sem novidades aparentes, desde a primeira edição, há dez anos. Sim, “apenas” dez anos porque o reality show foi exibido no Brasil pela primeira vez em 2002, com duas edições nesse e no ano seguinte.

Em 2013 a emissora exibirá a décima terceira edição, o que se deduz pelas seletivas (que duram um ano inteiro) estarem acontecendo pelo país. Há quem acredite nesse como um número de má sorte, mas estudiosos garantem que é o contrário, particularmente para comunicações. Isso, porém, não interfere na saturação. Vale enfatizar que o jogo oferece premiações milionárias, tanto para os participantes quanto para os investidores (através do retorno oferecido pelo merchandising e campanhas veiculadas nos intervalos do programa). E esses investidores não terão o mesmo interesse se a satisfação em ficar com a TV ligada de terça a segunda das 22:00 às 23:00 for a mesma das tardes de Domingo.

O que o Big Brother Brasil traz de comum entre todas as edições são mudanças na casa: sempre diferente, desde a decoração, passando por todo o mobiliário, até alguns cômodos. Em 2012 tentou-se sugerir uma ducha ecologicamente correta mas a sugestão, na verdade, foi que o “ecologicamente correto” é algo indesejável e obsoleto: era um chuveiro à manivela, que daria certo tempo de água quente de acordo com as voltas que se dava na alavanca. Erro pré-escolar (para evitar ofensas aos estudantes do Ensino Fundamental I, equivalente ao antigo primário) que não deve ser repetido senão pelos comediantes.

Ora, se todo ano a Globo apresenta uma casa nova, inclusive depois de fazer suspense, por que não apresentar algo que seja realmente surpreendente? Quero dizer, surpreendente no bom sentido – já que todos ficam surpresos com as babaquices que são mostradas. O BBB sempre teve tudo pra isso e deveria efetivamente ser um dos momentos mais esperados pelos designers, pela indústria da “moda-casa”, pelos compradores compulsivos de mobília, obras de arte, tintas de parede, pia, torneira, telhado, tapete, almofada, travesseiro… “Big Brother Brasil” deveria ser um “Fashion Home & Design” da TV brasileira. Aliás, se quiser manter a audiência e a popularidade do programa, é melhor pensar muito bem nisso porque mal chegava a metade da última edição e já rolava abaixo assinado pelas redes sociais pra tirar o programa do ar – independente do episódio “c* de bebo(a) não tem dono” (apesar de alimentado por ele).

Dwsz.

As melhores fotos de Dwsz


Essas são as melhores fotos minhas publicadas na Rede até então. A quantidade e a qualidade só tendem a crescer.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dwsz.

Jornal: ‘Big Brother Brasil 12’ aposta em participantes mais jovens


Boninho, diretor do programa, disse que quer diminuir a média de idade dos participantes do programa. Foto: Ricardo Matsukawa/TerraFoto: Ricardo Matsukawa/Terra

Segundo informações da coluna Olá!, do jornal Agora São Paulo, a Globo vai apostar em um elenco mais jovem para o Big Brother Brasil 12. A informação é do diretor J.B. Oliveira, o Boninho.

A faixa etária do BBB 11 era de 27 anos. O BBB 8 foi a edição com a menor média de idade: 24 anos. Segundo Boninho, 20 mil pessoas já se inscreveram nacionalmente e cerca de 70 candidatos das seletivas regionais serão chamados para testes. O BBB 12 estreia em janeiro de 2012.

Fonte: http://diversao.terra.com.br/tv/noticias/0,,OI5313758-EI12993,00-Jornal+Big+Brother+Brasil+aposta+em+participantes+mais+jovens.html

As portas da casa mais vigiada do Brasil estão abertas para mim


Portal Rede Globo

Image by kenjiys via Flickr

As inscrições para o BBB12 já estão abertas. Eu iria meinscrever para o BBB11 mas, além de perder o prazo pra produção do vídeo, me preocupei mais com os concursos que já comentei.

Tenho certeza de que o personagem Dãglas, de Insensato Coração, foi inspirado no meu artigo sobre o nome de origem escocesa (Douglas – Dubhglas), uma declaração da Rede Globo para mim.

Umdos concursos deixou de meinteressar logo no começo do ano e eu desisti. O outro foio Ifba, onde eu posso aproveitar as férias ou trancar a matrículapor um ano.

É isso pessoal, as portas estão abertas, escancaradas para mim. Vou mepreparar para essa seleção e o processo vocês acompanham por aqui,na minha volta ao DONQQ.

Dwsz.

Mais um voto!


big boss

Image by aye_shamus via Flickr

Concordo que o programa deveria ter essa proposta, mesmo que fosse em apenas uma edição. (Peço desculpas se estiver citando uma sugestão que nunca foi dada, pois não li toda conversa. A primeira que meus olhos leram me transmitiram essa mensagem e eu prontament concordei com ela)

Uma edição interia onde os participantes não teriam acesso a cigarros ou a bebidas alcoolicas. Talvez até um dos lados tivesse que ser “ahimsa” (não-agressão), sendo impedido de comer carne, por exemplo. A segunda sugestão é bem radical… talvez pudesse ser só um castigo do Big Boss, sem problemas. Todos esses elementos formariam um pacote completo e perfeito para um dignissimo reality show. E ainda contaria (obviamente) com participantes de duas categorias: os que acreditam que isso seria o “nirvana” (paraíso), um presente; e os que acreditam que isso seria uma tortura!!! Dividindo a casa de forma que todos os grupos tivessem membros de ambas as cetegorias, haveria muita disputa, inclusive interna, para continuar no paraiso ou para fugir desse inferno. O premio final seria só mais um atrativo. Sem duvida esse formato ainda traria muitos atrativos à própria Endemol/RedeGlobo/Bo​ninho: a possibilidade de falar sobre anorexia, bulimia e vigorexia; filosofias de não-agressão; vegetarianismo, veganismo, naturalismo, e diversos outros ismos… Muitos desses temas estão entrando em voga ou já deveriam estar sendo tratados mais abertamente.

Esse Big Brother valeria a pena assistir.

Infelizmente eu não poderei nem me inscrever porque tenho dois contratos dos quais eu não abriria mão. Quem sabe em quatro anos, quando o ultimo contrato tiver sido cumprido? A Anamara abriu mão da corporação… Mas eu não quero escolher, eu quero associar. #Mais4Anos

Dwsz.

Postado originalmente na discussão da matéria Inscrições para o BBB 12 começam em abril.

Big Bosta Brasil 11 – Paulinha-cabeça-feita


Paulinha tremeu na base com medo de ser indicada pela líder se abençoasse, como anjo, a Adriana. Eu imaginei que, caso ela optasse por não seguir o próprio instinto, ela nãoi seria indicada pela líder Maria mas o seria pela casa. Não foi o que aconteceu.

Mas, agora, Paula está marcada para o quarto do terror que garantirá o paredão para ela ou para Diana. Mesmo que Diana seja indicada pelo quarto do terror, acredito em uma nova ameaça caso ela não conquiste a nova liderança.

Ainda considerando a hipótese de Diana ser indicada ao próximo paredão, eu estou inclinado a eliminá-la do programa por conta da própria personalidade da moça, que é manipuladora, dissimulada e adora uma conspiração. Esses traços de personalidade superam aqueles que, um dia, eu disse que seriam a diversão das festas.

Os “coloridos” do BBB só trouxeram decepção aos “simpatizantes” – ou mesmo a “representates” da “categoria”.

I’m in love with my hair


Eu gosto de comprar no Shopping dos Cosméticos porque, quando eu já sei exatamente o que eu quero comprar, eu vou lá, pego, passo no caixa e pronto; e, quando eu preciso de ajuda, as consultoras realmente ajudam. É comum encontrar lojas onde eu me perco e os consultores me confundem mas, nessa loja, eu nunca tive problemas.

Eu sei que, normalmente, isso seria matéria para blog de menina mas, hoje, eu comprei uma nova máscara de hidratação que vou experimentar no meu cabelo e compartilhar os resultados com os leitores do meu blog. Será quase como uma novela, que vai durar os meses necessários para o consumo do pote de 1kg, onde este é o teaser oficial e o prelúdio narrará a história do meu cabelo até hoje.

Espero que todos apreciem a leitura e possam aproveitar (e oferecer) as sugestões. E que os fabricantes dos produtos gostem do merchandising e ofereçam um cachê! :p

E, por falar em merchandising, é aqui mesmo que a galera da Globo/Endemol/Boninho poderão ver o meu talento para exercer o cargo de Big Brother na edição de 2015.

Kill and tell.

BBBlack Out


Big Brother Australia 2008

Image via Wikipedia

Estou gostando do Big Brother. Eu sei que tem muita, mas muita gente mesmo, que não gosta e fala mal. Realmente não é dos melhores programas do mundo. Ficar observando, opinando e interferindo na vida alheia é mesmo coisa de quem não tem o que fazer ou, pior, de quem não consegue viver a própria vida. Ou, até, não tem vida própria.

Infelizmente esse é o meu caso. Estou torcendo para o Rodrigão ficar na casa e não sair hoje. Ele é um ícone pra mim. Quase um ídolo. De madeira, sim, como todos os oferecidos pela televisão, mas deixemos os cupins fazerem seu trabalho no tempo certo.

Já a Ariadna, espero que ela volte à casa apenas pela simpatia e pelo desafio (uma transexual ganhar o prêmio principal do BBB11). Ela com cereteza irá oferecer o que o público quer ver.

Aliás,  público já tem visto muitas cenas tórridas, muitas delas protagonizadas por Diana. Desde o início ela conquistou a minha simpatia (mais do que a Aria) mesmo depois de ter mostrado um jeito meio muleque (quem assiste deve entender por que não “moleca”). Apesar de tudo ela é uma mulher fascinante em vários aspectos.

Aos produtores do programa, se quiserem uma boa sugestão, ocorreu-me uma enquanto assistia a última festa da casa. Eu percebi que a organização se preocupa menos com os participantes do que com os espectadores. Eis o paradoxo:

SE OS ORGANIZADORES DA FESTA SE PREOCUPAREM MENOS COM A FILAMAGEM, PERMITIRÃO QUE HAJA MENOS LUZ NA PISTA DE DANÇA. ISSO DEIXARÁ OS PARTICIPANTES MAIS “SOLTOS”, COMO NA BOITE. UM BLACKOUT DEIXARIA A FESTA ILUMINADA (QUASE) EXCLUSIVAMENTE PELA LUA.  NESSA FESTA, SIM, OS ESPECTADORES VERÃO O QUE QUEREM VER.

Mas como verão se estará tudo escuro e as cameras precisam de muita luz? Esse é o problema: as cameras precisam de muita luz. Será que os produtores realmente precisam dessas cameras? Em último caso poder-se-ia instalar cameras especiais só para essa festa.

Lembrete: a área escura pode ser limitada (não precisa ser a festa toda).

 

Fico por aqui. E não deixem de espiar meu blog, Facebook e Windows Live!