Sinto muito, prefeito: nós não podemos parar


Em Salvador nós ainda não atingimos o primeiro objetivo, o mais importante para dizer “precisamos/podemos descansar um pouco agora; nos recolheremos, discutiremos e voltaremos mais tarde”.

As tarifas de ônibus em Salvador não foram reduzidas!

A tarifa de ônibus em Salvador precisa ser inferior às tarifas de Recife, já que os próprios ônibus e circuitos assim o são.

Dwsz

Ninguém comprará a nossa luta


Movimentos sociais são iniciados, ordenados e liderados por membros da sociedade. Mas, quando são por mudanças importantes na sociedade (“pena privativa de liberdade para maltratadores de animais” será nosso exemplo ilustrativo) é necessário que alguém “compre” essa “luta”, afinal é necessário que sejam formuladas leis para isso, e seria importante a opinião de médicos veterinários (e clínicos também) e donos de pet shop, além de outros criadores e tantas outras categorias. Ora, se nem esses e nem a Sociedade Protetora dos Animais comprarem essa luta… Pra onde vai esse negócio?

Anarquia ou anarquismo? Manifestantes declaram desinteresse nas mudanças: rebeldes ficariam sem causa.

Continuar lendo

Amigos Anonymous


Amigos Anonymous,

Não deixem-se abater pela aparente falta de intresse de pessoas que possam se juntar a você. Talvez elas ainda estejam no HiperSono. Essa hipnagogia é muito forte e resistente, é necessário ser paciente e insistente.
Não esperem que todos participem porque esse objetivo é ilusório. Nunca haverá a participação de todos em nunhuma atividade humana. Basta apenas que cada um dos participantes participe sem medo da redundância.
Agora levante-se e ajude-os a se levantar também.
Dwsz

Amigos Anonymous


Amigos Anonymous,

Não deixem-se abater pela aparente falta de intresse de pessoas que possam se juntar a você. Talvez elas ainda estejam no HiperSono. Essa hipnagogia é muito forte e resistente, é necessário ser paciente e insistente.
Não esperem que todos participem porque esse objetivo é ilusório. Nunca haverá a participação de todos em nunhuma atividade humana. Basta apenas que cada um dos participantes participe sem medo da redundância.
Agora levante-se e ajude-os a se levantar também.
Dwsz

Seres Anonymous


A flier from the Year Zero alternate reality g...

Image via Wikipedia

Muito se fala sobre os Anonymous mas muito pouco se oferece de informações imparciais. Geralmente eles são indicados como hackers e/ou criminosos.

Na verdade os ataques hackers são uma pequena parte do que uma parte do grupo faz. O subgrupo hacker dos Anonymous, os Anon Hackers, são os mais expostos mas não os únicos.

Os Anonymous não são anarquistas, apesar de se encontrar ideias similares. Eles lutam contra o sistema de tal forma que não são eles, somos nós. Nós somos os Anonymous, todos aqueles que percebem que há algo errado, mesmo não sabendo exatamente o que.

Para ter informações mais precisas é necessário fazer o óbvio: ir direto à fonte, falar com os próprios Anonymous, seja pessoalmente ou pelo site oficial. Diversos vídeos estão sendo reproduzidos pela Rede e são as melhores formas de saber quais seus objetivos e ideais.

Aos mais céticos isso tudo pode parecer um grande ARG (Alternate Reality Game) mas não existe alternância nesse caso, a realidade é uma só – exceto para os grandes poderosos que vivem em seus mundos particulares. Aos mais viciados, isso pode ser melhor que o Desafio GA, mas a decepção virá em seguida, ao descobrir que a história que está sendo escrita não é ficção.

Conheça os Anonymous, seja um Anonymous. Não esquecemos, não perdoamos. Aguarde-nos.

Dwsz.

Quando um burro fala o outro baixa a orelha parte 2 (final)


Botei a cabeça pra dentro e perguntei “E eles estavam com a cabeça levantada quando eu falei ou só levantaram quando eu saí?”
Pufo. A porta bateu na minha cara.
Dwsz

Hackers do Anonymous anunciam ataque ao Facebook em novembro


O grupo hacker Anonymous, responsável por uma série de ataques em sites de governos, de empresas de cartão de crédito e à rede de games on-line PlayStation Network (PSN), da Sony, anunciou que realizará um ataque em massa contra o Facebook no dia 5 de novembro. O objetivo dos criminosos grifo meu é derrubar o site, que conta com mais de 700 milhões de usuários cadastrados.

O ataque foi confirmado por meio do Twitter e por um vídeo divulgado no YouTube. Nele, a gravação afirma que a rede social tem auxiliado governos, “vendendo informações de usuários e garantindo acesso clandestino para firmas de segurança que espionam pessoas de todo o mundo”.

O dia 5 de novembro foi escolhido por ter relação à história em quadrinhos “V de Vingança”, cujo personagem principal, Guy Fawkes, é lembrado por integrantes do Anonymous no uso da máscara característica apresentada na série.

Eles ainda afirmam no comunicado que “tudo o que o usuário faz no Facebook fica na rede social, independentemente das configurações de privacidade”, e que “deletar a conta é impossível, pois os dados ficam armazenados no Facebook”. “O Facebook sabe mais sobre você do que sua família”, diz a mensagem.

O grupo ainda avisa que o dia do ataque “entrará para a história”. Ainda pelo Twitter, o Anonymous publicou uma mensagem dizendo que estava organizando o que chama de “Operação Facebook” (#opfacebook), mas que nem todos os membros concordavam ou participavam da preparação do ataque. O Facebook não se manifestou sobre as ameaças até o momento. As informações são do G1.

 

Fonte: http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/hackers-do-anonymous-anunciam-ataque-ao-facebook-em-novembro/

Continuar lendo

Anonymous nas ruas contra a corrupção


Os Anonymous são um grupo ideologicamente bem estruturado, com bases filosofico-socio-políticas fortes. Os que eu encontrei na Praça Dois de Julho podem ser confundidos com intelectuais inquietos.
A manifestação NAS RUAS CONTRA A CORRUPCÃO foi organizada pelas redes sociais e realizada no feriado do 7 de Setembro em várias cidades.
Eles também protestam contra a má destinação das verbas públicas para educação, saúde, transporte e moradia e convidam outros cidadãos incomodados a participar também.
Dwsz