NUNCA PARE DE LUTAR


Existe uma linda música evangélica que diz “NUNCA PARE DE LUTAR”.

https://www.letras.mus.br/ludmila-ferber/417362/

lobo cordeiro

O que significa “nunca”?

“Nunca” é um tempo verbal que indica indefinição negativa de tempo: coisas que nunca acabam são coisas que não têm interrupção, que não têm fim.
Uma árvore que nunca dá frutos é uma árvore que, em toda sua existência, não dá um único fruto. E a árvore que nunca para de dar frutos é aquela que, desde sua primícia, não passa um dia sequer sem novas frutas em sua copa. Isto é, são 365 dias do ano com frutas naquela árvore. Isto é bastante diferente de uma árvore que dá frutos em determinada época do ano: quando não for a época daquela fruta, a árvore não dará frutos. Para as plantas sazonais, “nunca pára de dar frutos” é uma afirmação falsa.

Assim, o que significa dizer “NUNCA PARE DE LUTAR”? Significa dizer que, enquanto for tempo de guerra, mate. Depois que tiver matado todos os seus inimigos, continue matando.

“Quem não é contra nós é por nós”
Se todos os seus inimigos já estão vencidos, então agora você só tem aliados. Mas a ordem é “NUNCA PARE DE LUTAR”. O que isto singifica? Signfica que você deve lutar contra seus próprios aliados. Até, finalmente, você ser o único ser existente.

Quando você é o único ser existente, o que significa “NUNCA PARE DE LUTAR”? Singifica que você deve lutar contra si mesmo.

“NUNCA PARE DE LUTAR” é uma ordem para exterminar tudo a sua volta e, quando este objetivo tiver sido atingido, uma ordem de auto-destruição.

Para que essa mensagem fique oculta, há um trecho da música que diz “em tempos de guerra, nunca pare de lutar”. Mas quando é um “tempo de guerra”?
Fácil: haverá guerra enquanto houver combatentes na guerra. Não existe guerra quando não existem guerreiros. Ou seja, enquanto houver alguém lutando será tempo de guerra.
O que isso significa? Simples: “NUNCA PARE DE LUTAR” é uma ordem para que “SEMPRE” seja tempo de guerra.

Observe: uma árvore que NUNCA PARA DE dar frutos é uma árvore que está SEMPRE dando frutos. SEMPRE é TODO O TEMPO.

A música diz ESTEJA SEMPRE LUTANDO, porque enquanto você estiver lutando será tempo de luta (tempo de guerra). E quado você está lutando? Exatamente: SEMPRE.

Pra voltar lá pro começo dessa análise… Você não acha muito estranho que uma música “evangélica” fale sobre GUERRA?

Amados, amemos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.
1 João 4:7-8

Jamais sigas pelas trilhas dos ímpios, tampouco andes pelas veredas dos maus.
Provérbios 4:14,15

A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz;
Romanos 8:6

Bem-aventurados
os pacificadores,
pois serão chamados
filhos de Deus.
Mateus 5:9

Dowglasz.

Anúncios

Quem são os “donos do poder”?


A teoria que rege o século 21 diz que:

“se você não está pagando pelo uso de um produto ou serviço, então o produto é você”.

Assim sendo, aqueles que pagam TV por assinatura é que determinam que conteúdo será exibido. Apenas aquilo que for aprovado e muito apreciado por esse público, ou seja, somente aquilo que tiver altos índices de aceitação e audiência e consequente potencial econômico oriundo de publicidade é que será transmitido também na TV aberta.
Em outras palavras: são os pagantes que indicam o que é bom para o “povo”

O “povo” ou os consumidores de produtos “gratuitos” recebem aquilo que é pago pela publicidade. Publicidade essa, porém, que abusivamente bombardeia os clientes que já pagaram pelo conteúdo.
De outra forma: os assinantes de canais fechados já pagam pelo conteúdo que recebem, enquanto a TV aberta é patrocinada pelos comerciantes que investem em propaganda.

Quem consome produtos pirateados ou extensões irregulares (gato) não pode nem reclamar nem elogiar porque corre o risco de ter o serviço bloqueado ou cancelado (é o caso de atualizar uma cópia pirata do Windows). No caso da internet, por exemplo, é mais conveniente ser lesado pela operadora de 3G  – com órgãos reguladores e de defesa a seu favor – do que ser lesado  puxando um “fio mágico” do seu vizinho – e ter que ficar calado sempre que houver queda na velocidade ou interrupção no serviço.

Se você paga, você pode. E se você estiver “só olhando” é porque você pretende pagar quando encontrar algo compatível com seu perfil e orçamento.
Quem paga tem o poder.

Dowglasz Abjhörsky.

Ver TV é uma obrigação


A maioria das pessoas na internet assiste os reality shows pelo prazer de falar mal desses programas. Não há nada de bom que possa ser aproveitado na maioria deles e o grande esporte é exatamente apontar os erros e todos os pontos negativos que os fazem ser produtos nocivos e de baixa qualidade.
Este prazer, porém, não é extasiante: não causa euforia ou nenhuma sensação sublime. Este prazer é aquele mesmo que se sente ao mergulhar a mão na água gelada depois de ter-se ferido com uma fôrma quente e pesada ao retirar um bolo do forno.

As pessoas não gostam realmente de assistir televisão: nem quem assiste TV aberta nem quem assina canais fechados. Ambos lamentam o conteúdo que recebem e choram por não poder “subir de nível”. Todos assistem pela obrigação de ter um assunto sobre o qual todos possam discutir em uma conversa.

O engraçado é que essa programação é elaborada pelos “donos do poder”, que têm um objetivo direto e específico com isso. Só que esses mesmos “donos do poder” reclamam dos efeitos causados na intelectualidade, cultura, educação, ética e moral da população.
E quem são os “donos do poder”?

Dowglasz Abjhörsky.

Pesquisa de Mercado


O produto é BATATA FRITA “TIPO A”. A marca da loja é ASSÍDUA e a marca do fabricante é ORELHUDA. A batata frita “tipo A” ORELHUDA é muito famosa, seu fabricante é ROSILDA LTDA e também é uma empresa muito famosa e reconhecida no mercado. As batatas fritas “tipo A” ASSÍDUA e ORELHUDA têm o mesmo fabricante, ou seja, ambas são produzidas por ROSILDA LTDA e esta informação pode ser obtida ao comparar os rótulos.

A comparação de rótulos permite entender que as batatas fritas “tipo A” ASSÍDUA e ORELHUDA são exatamente o mesmo produto, uma com a marca do fabricante e a outra com a marca da loja.
Os produtos comercializados com a marca do fabricante têm preço tabelado, sendo o mesmo em todos os estabelecimentos. Os produtos comercializados com a marca da loja têm 70% de desconto sobre esse valor.

Assim sendo, a batata frita “tipo A” da famosa marca ORELHUDA custa R$10,00 o pacote de 100g, enquanto a batata frita “tipo A” ASSÍDUA custa R$3,00 o pacote de 100g.

Lembrando que ambos os produtos são o mesmo, trocando apenas de rótulo, qual batata frita “tipo A” você compraria: a da propaganda na televisão ou a de preço menor?

Dowglasz.

Vale a Pena Ver de Novo: Coelba em Greve


Funcionários da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia fazem nova manifestação na Edgard Santos, no Cabula.

Funcionários da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia fazem nova manifestação na Edgard Santos, no Cabula.

Os funcionários grevistas, que fizeram nova manifestação hoje, parecem participantes de um workshop no momento do coffee-break: agrupamentos dispersos, não identificados, conversando sobre quaisquer banalidades.
O líder sindical, com o microfone do carro de som, fala pra ninguém. Não há qualquer um que preste atenção, nem colegas nem transeuntes. Os populares simplesmente continuam andando sem entender o que está acontecendo.
A greve não tem 100% de adesão e aqueles que decidem trabalhar são chamados de “fura-greve”, “puxa-saco do patrão”, “traidor da categoria” através do mesmo microfone que é contada a história da música “três-três passará”. E mais um ataque é feito, reprovando aqueles que buscam o sindicato após receber uma demissão.
2014 é ano de eleição e eu já conheço essa novela desde o Congresso Estudantil da UNE/UJS em 2009, com reprise no IFBA em 2011.

Dowglasz.

Ou seleção ou avaliação


O Enem é uma farsa: basta você ir bem em Matemática e
Ciências da Natureza que você vai bem no Enem. O resto é “padrão”.
A Teoria de Resposta ao Item serve para selecionar candidatos mas não para avaliar o desempenho de um aluno.
Embora tenha me beneficiado para a certificação de proficiência no Ensino Médio, eu não concordo muito com isso.
Dwsz

Salvador, com tarifas de ônibus entre as mais caras do país, NÃO PODE ficar sem redução


tarifas de onibus_Recife_antes da reducao_2013Recife tem 4 tarifas diferentes: A, B, C e D, de acordo com a linha/percurso dos respectivos ônibus.
Delas, apenas a tarifa B era mais cara que a de Salvador, tendo apenas ônibus novos, confortáveis, seguros e menos poluentes enquanto os nossos devem ter mais de 10 anos, talvez 15.

Senhor prefeito, a situação anterior já nos deixava com vergonha e foi por pouco que o “Domingo é meia” não virou motivo de piada: em Recife, a meia é para TODOS. E quem já paga meia, no Domingo paga meia da meia, ou seja, 1/4. Não importa se paga em dinheiro ou com cartão, todos pagam meia. (exceto os estudantes, que continuam precisando do cartão pra pagar 1/4)

Senhor prefeito, a situação atual é crítica e fará a cidade PARAR amanhã (20 de Junho de 2013, quinta-feira): a tarifa de Salvador, sem aumento, já era mais cara até mesmo que a do Rio de Janeiro! Tudo bem, foquemos no Nordeste: o governador de Pernambuco anunciou redução das tarifas de ônibus do Recife!
De novo, a situação anterior já nos deixava com vergonha. Se o senhor não anunciar uma BOA redução nas nossas tarifas toda a vergonha que nós temos (preste atenção: não é pouca!) será convertida em revolta.

Não, eu não estou ameaçando. Interprete mais como uma premonição do que como uma ameaça.

Dwsz.

http://facebook.com/dowglasz

Ninguém comprará a nossa luta


Movimentos sociais são iniciados, ordenados e liderados por membros da sociedade. Mas, quando são por mudanças importantes na sociedade (“pena privativa de liberdade para maltratadores de animais” será nosso exemplo ilustrativo) é necessário que alguém “compre” essa “luta”, afinal é necessário que sejam formuladas leis para isso, e seria importante a opinião de médicos veterinários (e clínicos também) e donos de pet shop, além de outros criadores e tantas outras categorias. Ora, se nem esses e nem a Sociedade Protetora dos Animais comprarem essa luta… Pra onde vai esse negócio?

Anarquia ou anarquismo? Manifestantes declaram desinteresse nas mudanças: rebeldes ficariam sem causa.

Continuar lendo

Moral da história: mate todos, todos! Não deixe nenhum. Isto é vitória, isto é aventura!


A Pedra do Meio-Dia ensina às crianças que “o importante é matar”.

Fiquei constrangido com a cena em que Artur mata aquela onça, logo no começo do espetáculo. PELO MENOS, no mínimo nessa cena, o assassinato era desnecessário. Para salvar Isadora, nesse momento (e qualquer história com o contexto da Amazônia diz o mesmo) bastaria ASSUSTAR a onça. Ela iria embora, não seria mais uma ameaça e preservar-se-ia a espécie ameaçada de extinção.

Em toda a peça repete-se sucessivamente a mensagem de “mate para se salvar, se proteger e atingir seu objetivo. Aliás, na dúvida de qual o seu objetivo, se não for este em fim, matar terá concluído a parte mais importante dele”.

É irônica aquela entonação ao mencionar as manchas de sangue das luvas do gigante (que no palco estava sem luvas) enquanto Artur, mesmo que virasse um peixe e vivesse na água, nunca lavaria aquele sangue que o cobre, que o faz nojento e que deixa rastros de chacina e de extermínio a cada passo na floresta.

Como é possível dizer para mim, “experiente” que a mensagem transmitida para as crianças não é “resolva na espada; se não tiver espada, use outra arma (uma faca talvez, espada é coisa de ficção); na falta de uma arma vá na mão mesmo”? Como é possível me dizer isso?
Se eu, “experiente”, só pude tirar esta e nenhuma outra lição da estória, que lição vocês esperam que as crianças estejam tirando???

Me assusta mais ainda estarmos assistindo a isso calados e acomodados em meados do século XXI. Há meio século começaram a ser feitos trabalhos anti-violência, com foco na infância e na juventude, além de programas de conscientização ambiental, com a temática mais abordada sendo “AMIGOS dos animais” e “preserve a natureza”, entendendo que “natureza” acolhe todos os animais, com mais atenção aos silvestres e aos ameaçados de extinção (na lista, os animais mortos pelo sanguinário personagem central: onça pintada, jiboia, e algumas subespécies de porco-espinho).
Até mesmo a clássica DONA CHICA já não atira mais o pau no gato e ensina as crianças que “isso não se faz, não devemos maltratar os animais”.

Até mesmo a Dona Chica já não atira mais o pau no gato.

Mas o que importa é que as crianças gostaram, só eu me incomodei e fiz questão de vaiar uma montagem nociva como essa.

Lembrando que as crianças gostam de sexo e violência, assistam mais MMA com seus filhos (vocês já não sabem diferenciar esporte/arte marcial de agressão, não saberão explicar e não esperem que seus filhos aprendam sozinhos quando lhes golpearem na barriga ao receber um “não”).

No teatro, para as crianças, vocês também poderiam fazer uma montagem de O REBUCETEIO. Certeza absoluta de que elas vão a-d-o-r-a-r. Só não garanto, porém, que supere um Jackie Chan ou Denzel Washington da vida.

Assim caminha a humanidade: sentada, acomodada, assim tá bom, deixa com está, o que importa é que as crianças gostaram e eu só vou me levantar se for pra voltar.

Dwsz.

Nota: A aberração teatral foi encenada na Cidade do Saber, e presenciada por mim no dia 07 de Abril de 2013. Apesar de tudo que os Profissional da Educação, Psicólogos ou Sociólogos possam dizer, concordando comigo, existe a “livre-expressão” que também permite que os pais façam suas crianças dançarem “sou o rei do puteiro” sem o menor pudor ou medo de condenação por contrariar o Estatuto da Criança e do Adolescente. Assim sendo, esta publicação é mera exposição de opinião e não tem valor social, acadêmico, clínico, pedagógico ou, ainda menos, de crítica sobre produções cênicas. Isto é Camaçari, isto é Bahia, isto é Brazil. Dwsz.

Os Deuses da confusão


Um líder religioso, uma vez, disse ser contra o preservativo. Justificou-se isolando um trecho da Bíblia que, interpretado, dizia que fornicação é pecado. Segundo esse líder religioso, a camisinha incentivaria a fornicação.

Absolutamente ninguém absolutamente nunca foi contra o inceticida porque um dos dez mandamentos diz explícitamente e sem ambiguidades “não matarás”. Por outro lado, há, ainda, um número significativo de líderes evangélicos favoráveis à pena de morte.

Alguém me mate, por favor, porque eu não aguento a confusão deste mundo.
Dwsz