A Mar Otelo


ImagemQuando Kipman adiantou elementos de sua produção, durane um encontro de amigos, eu imaginei algo mais chocante do que vi na segunda-feira mas compreendi o impacto que ele disse ter causado na apresentação da proposta.
Ainda senti um pouco da sobriedade que deu uma leve empobrecida na insanidade que eu esperava com aquela empolgação que o dominava dias antes da mostra Podres Poderes, mas senti o erotismo, a paixão e a visceralidade que foram prometidos nos posteres digitais.
Um ator enterrado na areia da praia era uma surpresa que os espectadores já conheciam mas que ainda surpreendeu pela execução. Por um período relativamente longo, no início da montagem, os atores mantinham-se imóveis, conferindo a dramaticidade exigida pela cena interpretada com toda a profundidade do mar.
Finalizada com o pôr-do-sol, A Mar Otelo teria sido melhor apresentada se, ao contrário, começasse com o crepúsculo – outro elemento de absorção do público que não pôde ser usado mas nem por isso causou carência.
Dwsz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s