O crime continua sendo o mesmo


“Você me bate porque eu sou viado, se eu também fosse hétero você ia ver.”
“Você me humilha porque eu sou pobre, se eu também fosse rico você ia ver.”
“Você abusa de mim porque eu sou mulher, se eu também fosse homem você ia ver.”

Dois otários trocam ameaças “de igual pra igual”. (e isto se vê muito na TV Câmara)
Quando pelo menos um deles tem mais o que fazer, aplica ou procura quem o auxilie a aplicar a lei.

O CRIME É O MESMO independente da vítima, o que caracteriza um crime é O ATO. Não precisa ser estudante de Direito pra saber isso.

Não importa se você matou um muleque, um preto, um viado, um velho, uma puta. Não importa QUEM você matou: se você matou uma pessoa, é homicídio. Características que indiquem que a vítima era um indivíduo vulnerável servirão apenas como agravante da pena, nunca como tipificação.

O mesmo é válido para abuso sexual, roubo, injúria, extorsão…

A Lei é igual para todos. A Justiça é cega, os juízes é que são míopes e semi-letrados.

Dowglasz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s