A Sorte


A sorte foi essa. Estar ligado ou amarrado a alguém que não queria. Alguém que lhe perseguia, que vigiava todos seus passos, que controlava cada comprimido ou cigarro ou copo de bebida.
A sorte era ter escravos. Ou ser escravizado por alguém com uma visão perfeita do que ocorria, dos fatos. Venerável invenerante, invariavelmente variável e incessante. Indubitavelmente simplório.
Ocultamente ocultava cadáveres, pesos que se acumulavam sobre as costas. Notoriamente se livraria deles. A sorte foi essa.
Dwsz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s