Alter Ego


Geralmente eu começo muito bem as composições com idéias complexas mas acabo tendo dificuldade pra concluir o trabalho. Essa é mais EU e EUs, são devaneios e paradigmas paradoxais pessoais.
Essa música fala principalmente de como faz parte da minha essência insistir e desistir em seguida. Mas há do que eu não desista realmente.

Por Dowglasz

Vi coisas ruins no meu amargo coração
Amargurado o joguei no chão
Não gosto do que vejo
Não gosto do que vi
Não ando mais por ali.

O meu ego sou o verdadeiro eu
Ele dorme, ele acorda, se despede e diz “adeus”
Vai, volta, tanto faz
Como tanto fez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s